Tuesday, October 11, 2005

Nada de novo aqui

Como o Boris, divertem-me os posts imediatistas e mal alinhavados que aqui escrevo. Como é notório, não comungo do seu talento. Sorte de quem lê, que não me exprima também com a mesma eloquência.

Tudo foi dito cem vezes

Tudo foi dito cem vezes
E muito melhor que por mim

Portanto quando escrevo versos

É porque isso me diverte

É porque isso me diverte

É porque isso me diverte e cago-vos na tromba




Boris Vian in Canções e Poemas | Assírio & Alvim
(trad. Irene Freire Nunes / Fernando Cabral Martins)

(reposição)