Tuesday, November 15, 2005

Uma cavalgadura em tons de azul

Hoje vi-o outra vez, o polícia asinino que me multou há coisa de três ou quatro anos por (alegadamente) me ter visto passar um semáforo vermelho. Não juro que a lambreta onde sentava o cu fosse a mesma, mas o bigode ridículo não me deixa mentir. Reconhecê-lo-ia em qualquer lado. Até num quadro do Miró.


Joan Miró | The Policeman | 1925
Oil on canvas | 248 x 194.9 cm | The Art Institute of Chicago